Jornalismo

Apresentação:

O curso de Jornalismo nasceu com a FCS/UERJ, no ano de 1986, no contexto da redemocratização do país, em que a imprensa desempenhou papel-chave. Desde o início, como curso noturno, experimentou grande demanda, figurando sempre entre os de maior procura.  Atualmente o curso de Jornalismo é o segundo mais procurado no vestibular da UERJ, apresentando, no vestibular 2012/2013, relação candidato-vaga de 30,06 para um – atrás apenas do curso de Medicina.

A grande procura reflete a combinação de uma característica da sociedade atual e da profissão. Atualmente a busca por informações precisas aumenta a cada dia, e o jornalista é o profissional habilitado para colher, apurar e tratar a informação, transformando-a em um produto final capaz de responder às principais indagações a respeito de um fato: quem fez o quê ou o que aconteceu, quando, onde e por quê. Esse produto é a notícia, hoje parte de um complexo midiático que abarca ainda outros gêneros textuais voltados para a contextualização, a opinião, a crítica, a prestação de serviços e o debate público, nas mais diversas plataformas de veiculação e nos mais diversos suportes (texto, áudio, vídeo, fotografia, infografia).

Histórico do Curso de Jornalismo

Estrutura do Curso de Jornalismo

  1. Registrar os fatos jornalísticos, apurando, interpretando, editando e transformando-os em notícias e reportagens;
  2. Analisar, explicar e contextualizar informações;
  3. Investigar informações, produzir textos e mensagens jornalísticas com clareza, estilo e correção e editá-los em espaço e período definidos;
  4. Formular pautas e planejar coberturas jornalísticas;
  5. Pesquisar temas e assuntos e conduzir entrevistas como diálogos;
  6. Relacionar-se com fontes de informação de qualquer natureza;
  7. Trabalhar em equipe com profissionais da área;
  8. Lidar com situações novas, desconhecidas e inesperadas;
  9. Compreender e saber sistematizar e organizar os processos de produção jornalística;
  10. Desempenhar funções de gestão e administração jornalística;
  11. Desenvolver, planejar, propor, executar e avaliar projetos na área de comunicação jornalística;
  12. Avaliar criticamente produtos, práticas e empreendimentos jornalísticos;
  13. Compreender os processos envolvidos na recepção de mensagens jornalísticas e seus impactos sobre os diversos setores da sociedade;
  14. Identificar o que é informação de interesse público e pautar-se eticamente no tratamento dessas informações;
  15. Identificar e equacionar questões éticas de jornalismo;
  16. Manter a postura ética e compromisso com a cidadania;
  17. Manter-se crítico e atuante no que diz respeito às relações de poder e às mudanças que ocorrerem na sociedade;
  18. Dominar a língua nacional e as estruturas narrativas e expositivas aplicáveis às mensagens jornalísticas, abrangendo leitura, compreensão, interpretação e redação;
  19. Dominar a linguagem jornalística apropriada aos diferentes meios e modalidades tecnológicas de comunicação com suas mudanças aceleradas e convergências, incorporando o hibridismo e a linha orgânica da história da linguagem;
  20. Assimilar criticamente conceitos que permitam a compreensão das práticas e teorias jornalísticas, repercutindo-os sobre sua prática profissional.